Serviços na área de Segurança

Implantação de CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - NR 05

A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) é, segundo a legislação brasileira, uma comissão constituída por representantes indicados pelo empregador e membros eleitos pelos trabalhadores, de forma paritária, em cada estabelecimento da empresa, que tem a finalidade de prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador. O objetivo da CIPA é 'observar e relatar as condições de risco nos ambientes de trabalho e solicitar medidas para reduzir até eliminar o riscos existentes e/ou neutralizar os mesmos...' Sua missão é, portanto, a preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores. Seu papel mais importante é o de estabelecer uma relação de diálogo e conscientização, de forma criativa e participativa, entre gerentes e empregados, em relação à forma como os trabalhos são realizados, objetivando sempre melhorar as condições de trabalho, visando a humanização do trabalho. Não obstante, a CIPA é um órgão supracorporativo e independente, não subordinado a nenhuma área da empresa nem a nenhum funcionário desta.

Programa de Gerenciamento Integrado de Resíduo Sólido (PGIRS)

Seus objetivos centrais são: reduzir a geração de resíduos sólidos; ampliar ao máximo a reutilização e a reciclagem; promover a inclusão social e econômica dos catadores; promover a disposição final ambientalmente correta; otimizar os recursos disponíveis; universalizar a prestação dos serviços de manejo de resíduos sólidos a toda a população.

PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

O PPRA ou Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, é um programa obrigatório que todas as empresas e instituições que admitam trabalhadores como empregados devem possuir. O objetivo do PPRA é preservar a saúde e a integridade física dos trabalhadores através da identificação dos riscos ambientais existentes nos ambientes de trabalho tais como ruído, calor, frio, radiações, vibrações, fumos, névoas, gases, neblinas, bactérias, fungos, parasitas, vírus e protozoários. O PPRA deve estar articulado, em especial, com o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional ? PCMSO previsto na Norma Regulamentadora NR-7, do Ministério do Trabalho e Emprego e também com as demais Normas Regulamentadoras.

Dimensionamento de Extintores, Projeto de Prevenção e combate a Incêndio e Brigada de Incêndio

Obedecendo ao Decreto Estadual n° 46.076/2001 e suas Instruções Técnicas do corpo de bombeiros, elaboramos o Processo juntando plantas, memorial, cálculos e anexos, assessorando no desembaraço burocrático junto ao corpo de bombeiros, até a emissão do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

Realização de SIPAT - NR 05

É uma semana obrigatória pela alínea 0, item 5.16 da NR 5, portaria do Ministério do Trabalho e Emprego DSST n° 8/99, na qual a empresa proporciona aos seus colaboradores momentos de informações a respeito de prevenção e conscientização quanto a segurança e acidentes no trabalho. Nossos serviços de SIPAT tem como objetivo principal transmitir informações importantes para a saúde do colaborador, de forma divertida e bem humorada.

Laudo Ergonômico

Este serviço atende as necessidades legais estabelecidas pela NR-17 no tocante a adaptação do posto de trabalho às características antropométricas dos colaboradores e, aponta as irregularidades segundo a norma, apresentando soluções adequadas ao orçamento de pequenas, médias e grandes empresas. Outro efeito deste trabalho é dado para o trabalho de Teleatendimento/Telemarketing, conforme ditames da Portaria MTE n°9, de 30 de março de 2007 (Anexo II da NR 17), com novos parâmetros para um estudo mais aprofundado dos postos de trabalho deste ramo de atividade.

Laudo Técnico de Insalubridade/Periculosidade

O Laudo Técnico de Insalubridade é um serviço que obedece ao critério técnico-legal da NR 15 e Portaria MTE n° 3.311/89, elaborado para fins de apontar quais são as atividades insalubres existentes, propondo medidas para a neutralização e/ou eliminação da situação insalubre e isenção do pagamento do respectivo adicional, após requerimento com protocolo da DRT (Delegacia Regional do Trabalho). O Laudo Técnico de Periculosidade é um serviço que obedece ao critério técnico-legal da NR 16, Decreto n° 93.412/86 e a Portaria n° n° 3.393/87, elaborado para fins de apontar quais são as áreas de risco existentes na empresa, para que possam ser devidamente delimitadas, sinalizadas e adequadas para minimizar possíveis condições de risco acentuado, propondo medidas para a eliminação da situação perigosa e isenção do pagamento do respectivo adicional, após requerimento com protocolo na DRT (Delegacia Regional do Trabalho).

LTCAT - Laudo Técnico de Condições Ambientais de Trabalho

Laudo Técnico das Condições do Ambiente de Trabalho - Exigência Legal Lei 8.213/91 e suas modificativas através das denominadas IN - Instruções Normativas do INSS acerca do documento base para fins de preenchimento do PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário.

Elaboração Mapa de Riscos Ambientais

Representação gráfica dos riscos ocupacionais existentes na empresa (Físicos, Químicos, Biológicos, Ergonômicos e Mecânicos). Tem sua obrigatoriedade legal estabelecida pela NR 05.

PCMAT - Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - NR 18

6 horas de treinamento admissional com conteúdo informativo que visa integrar o individuo ao ambiente de trabalho, medidas de orientações inerentes à função / atividade do (s) funcionário (s) / empreiteiro (s). medidas de proteção coletiva, riscos de acidentes do trabalho e suas medidas preventivas, utilização de equipamentos de proteção individual, informações sobre CIPA e outros.

PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário IN 078/02

Este serviço sintetiza as informações trabalhistas, previdenciárias e proficionais do colaborador. Deve ser mantido em arquivo pela empresa e entregue no momento da demissão do funcionário. A AEEST disponibiliza o arquivamento deste documento em meio magnético e alimenta-o com informações técnicas nos campos destinados a segurança e medicina do trabalho.

Proteção auditiva e Proteção respiratória

Destinado a funcionários de empresas, Técnicos de Segurança do Trabalho e responsáveis pela área de Segurança da empresa. Tem como objetivo conscientizar, treinar e utilizar a proteção auditiva de modo a controlar as doenças ocupacionais provocadas pelo ruído.

PPR - Programa de Proteção Respiratória

Programa de Proteção Respiratória (PPR), conforme Instrução Normativa da Portaria 3214/78 do MTE. O programa de proteção respiratória serve para que o empresário tenha certeza de que o seu funcionário está saudável hoje e que continuará no futuro também. É obrigatório para as empresas em que temos trabalhadores em ambientes com material em suspensão (aerodispersóides) e considerados prejudiciais à saúde.

Assessoria em segurança e medicina

Atuando de forma efetiva dentro das organizações realizando levantamentos mensais das situações de riscos ao quais os funcionários estão expostos, criando e desenvolvendo ações para neutralização e/ou minimização destes riscos, treinando e capacitando funcionários e empregadores para boas práticas de segurança, Além destas atividades realizamos todos os procedimentos que visam enquadrar as organizações dentro das normas regulamentadoras a fim de evitar toda e qualquer ação judicial relacionada à segurança e saúde do trabalho e também fiscalizações do Ministério do Trabalho.